Os Malbec de Cahors


No dia 20 de outubro participei do evento ocorrido na ABS-Rio, sede Flamengo, da Vinovalie, empresa francesa que reúne 04 cooperativas francesas. O evento foi apresentado por Rogério Rebouças que apresentou para degustação 04 vinhos tintos, todos da uva Malbec.

O que chamou atenção, foi que esses vinhos foram produzidos da região de Cahors, localizada a 177Km de Tolouse, no médio Pirinéus, 'região-mãe' dessa uva, que foi devastada pela Filoxera, praga (pulgão) que em 1863 exterminou quase que em sua totalidade as videiras francesas. Com isso, a produção de Malbec quase que desapareceu da produção de vinhos franceses.

Os vinhos degustados foram: Tarani 2013(100% Malbec), Tarani Reservé 2011 (100% Malbec), Impernal 2011(100% Malbec) e Chateau Les Bouysses 2012 (90% Malbec, 10% Merlot).

Todos os vinhos muito gostosos, apresentando explosão de frutas vermelhas, equilibrados.

O Tarani é um vinho muito agradável, fácil em degustá-lo.

O Tarani Reservé é um vinho estruturado, que pede harmonização com carne de caça.

O Impernal, apresentou-se bem encorpado, também pede harmonizá-lo com uma carne vermelha, pode ser de caça também, uma massa com molho encorpado.

Por fim, o Chateau Les Bouysses, um vinho que gastronômico, que pode ser acompanhado com risoto com trufas, uma massa com molho de cogumelos.

Os preços são justos, desde R$66,00 a R$130,00, preço de prateleira e pode encontrá-los nas principais lojas de vinhos da cidade, entre elas: Espírito do Vinho, na Cobal Botafogo; Na Grand Cru Leblon e ou na internet pelo site: www.vinosevinos.com.br

Espero que curtam.

Saúde!

Destaque
Tags

© Senhor dos Vinhos. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Instagram Social Icon
  • Twitter B&W
  • Facebook B&W