Casa Valduga: Celebrando 140 anos


Em 24 de novembro. visitei a Casa Valduga, que está celebrando 140 anos de legado, onde indiscutivelmente é uma das mais renomadas vinícolas brasileiras.

Foi a primeira vinícola no Vale dos Vinhedos a abrir suas portas e começar o enoturismo. além de possui a maior cave da América Latina com capacidade para seis milhões de garrafas.

Mais à frente, apresentarei mais alguns dados que reforçam a importância dessa vinícola.

Nessa visita, fui recebido pelo enólogo Jhonatan Marini, que gentilmente nos reservou o Espaço Leopoldina. Espaço esse, que tive a felicidade em tomar os cafés da manhã, em outubro de 2013, quando minha mulher e eu nos hospedamos na Pousada Raízes.

A ideia desse encontro, como comentado no post 'Vale dos Vinhedos: Conhecendo os produtores", que aproveito para convidá-los a ler, teve início em janeiro desse ano. Em julho decidi realizar o desejo, dando início a esse projeto que chamo de "O cenário do consumo de vinhos finos nacionais", que poderão entender lendo o post mencionado acima.

Por isso, criei esse blog como meio de comunicação sobre esse assunto encantador. Em seguida, iniciei os contatos com as vinícolas, onde, por conta da admiração pela Casa Valduga, foi a primeira a ser consultada. Apresentei minhas ideias e, dias depois, recebi resposta do Jhonatan. Sua resposta foi animadora, motivadora, daí a decisão em levar isso adiante.

Voltando à visita. tive o prazer em degustar o espumante Gran Casa Valduga Nature. mais uma excepcional obra dessa Casa, o que ratifica sua destacada participação no mercado de espumantes. sempre buscando novos conceitos, filosofia essa que entendo ser o diferencial da marca.

Esse também foi um ponto discutido - em um mercado em ascenção, com concorrência global, a necessidade em inovar é fundamental para que se conquiste posição destacada, buscando agregar valores não só na bebida, mas também na elaboração das garrafas, para o quê a Casa Valduga possui profissionais que atuam especialmente nessas atividades.

Para que alcance o seu consumidor final, utiliza por meio da mídia escrita, as revistas de companhias aéreas, revistas especializadas e o mercado gourmet. É uma estratégia em captar, além de manter o consumidor, que está "mal" acostumado em apreciar os vinhos importados. Em muitas ocasiões, há o desconhecimento da qualidade do nosso vinho. Arrisco a dizer, que passa pelo desinteresse em conhecer o vinho fino nacional.

Buscando mudar essa situação, a Casa Valduga realiza viagens pelo país a fim de divulgar e reforçar a marca, dando apoio ao mercado varejista, com treinamento aos profissionais que oferecem seus produtos, como também oferecendo degustações pontuais para reforçar a qualidade dos seus vinhos.

Para demonstrar sua importante participação no mercado vinícola, seguem alguns dados:

- Mais de 300 prêmios em concursos nacionais e internacionais.

- Possui aproximadamente 250 produtos.

- Atua com aproximadamente 15.000 pontos de venda no país.

- Exporta para 21 países, o que representa 10% do faturamento do grupo, onde a Inglaterra representa 35% do volume exportado.

- Vendeu um milhão e oitocentas mil garrafas de espumantes em 2014.

- Perspectiva de crescimento de 20% em 2015 em relação a 2014.

- Produz entre 1,5 milhão e 2 milhões de litros.

- Possui vinhedos em Bento Gonçalves, Encruzilhada do Sul e Campanha Gaúcha.

- Conta com um complexo enoturístico composto de 5 pousadas localizadas no Vale dos Vinhedos, 2 restaurantes e uma Enoboutique.

Portanto, foram algumas horas conhecendo um pouco dessa empresa, que garanto que por mais 140 anos nos oferecerá produtos de alta qualidade. Certamente, a Casa Valduga tem contribuição importantíssima na educação do consumidor, a fim de que o vinho fino nacional se torne preferência no seu hábito de consumo.

Por fim, posto abaixo algumas fotos tiradas na vista, onde mais uma vez agradeço a gentileza do enólogo Jhonatan em passar um pouco de suas experiências, entendimento e preocupações sobre esse mercado, reforçando a posição da Casa Valduga em se colocar à disposição para contribuir na busca do reconhecimento da qualidade do vinho fino nacional (já que o espumante já conquistou esse reconhecimento) e consequentemente o aumento de seu consumo.

Espero retornar no próximo ano, dessa vez para avaliar os resultados alcançados.

Destaque
Tags

© Senhor dos Vinhos. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Instagram Social Icon
  • Twitter B&W
  • Facebook B&W