Please reload

Tags
Destaque

Vinho de Talha: uma produção (quase) milenar

January 29, 2019

1/10
Please reload

Rolha: É a melhor tampa para vinho?

 

Caros apreciadores, 

um assunto voltou a ser levantado. Esse foi perguntado pelo Gerson, o qual replico:

“Gostaria dos comentários do Senhor dos Vinhos sobre a utilização de vidro para o fechamento das garrafas . Tendência? Moda? Inovação? É melhor?”

 

Antes de responder, apresento o significado de “rolha” segundo a Wikipedia: “objeto utilizado para a retenção de líquidos e/ou gases em recipientes. Tradicionalmente os recipientes eram garrafas de vidro ou ânforas.”

 

Pois bem! Em se tratando de selante, entendo que a rolha é o ítem imprescindível para, no mínimo, impedir que o líquido escorra e se perca. É uma pena quando isso acontece, não é mesmo?!? No mínimo, um desperdício! Mas, felizmente a rolha foi inventada! Mencionada em meados do século XVI, e até hoje é, a meu entender, o meio mais eficaz e eficiente para se manter o vinho longe de contato com o meio ambiente, ou seja, com o oxigênio, evitando sua oxidação, consequentemente, avinagrando o vinho.

 

A rolha é o meio utilizado para prolongar as qualidades do vinho, sabores e aromas, permitindo degustá-lo e apreciá-lo por mais tempo. 

Por isso, a importância em falarmos sobre a rolha com o propósito de vedar o vinho.  A encontramos nos tipos:

  • de cortiça, a mais fácil de conhecer, além de possuir características favoráveis, como elasticidade, aderência, longevidade e permeabilidade. Pode ser feita toda em cortiça (100% maciça), em aglomerado de cortiça;

  • sintética;

  • rosca;

  • tampa de vidro (não encontramos muitas garrafas com esse tipo);

  • selo, lacre de vedação usado no "wine in box" (vinho em caixa), envazado com  1, 3 ou 5 litros; e por fim, 

  • tampão, usado em ânforas (em cortiça ou material sintético),  A ânfora é a forma mais antiga (usada há mais de 7 mil anos a.C.), e por isso, a mais tradicional  na produção e armazenagem do vinho, e que está sendo retomada recentemente pelas vinícolas. buscado resgatar as origens da história da descoberta do  vinho. 

Todos esses tipos de "rolha" são considerados eficazes no que diz respeito  ao não contato com oxigênio, no entanto, os enófilos conservadores, seguidores da tradição, preferem a rolha de cortiça como melhor e único meio de garantir a vedação total. 

 

Sobre a tampa de vidro, motivo do questionamento, entendo que esse tipo seria uma forma de inovação, garantindo uma vedação ermética, além do vidro evitar a absorção de aromas, cheiros. Garantindo a manutenção do líquido.

 

Portanto, não tenho preferência entre os tipos existentes, mas certamente, prefiro aquele que garanta o prazer em compartilhar uma taça.

 

 Esse é mais um assunto capaz de tomar muito tempo e creio, não chegarmos a um consenso. Espero que tenha conseguido esclarecer, ou ao menos, estigar o interesse de vocês. 

 

Não deixem de usar esse canal.

 

Felizmente, as opiniões não se esgotam.

 

Saúde!

Please reload

© Senhor dos Vinhos. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Instagram Social Icon
  • Twitter B&W
  • Facebook B&W